O calvário de um atleticano

Mais um dia na vida de um atleticano. Só que com um difencial, o time jogaria na Argentina, numa Libertadores, 13 anos depois da sua úl...


Mais um dia na vida de um atleticano. Só que com um difencial, o time jogaria na Argentina, numa Libertadores, 13 anos depois da sua última disputa deste torneio.
Tudo estaria bem se ele não fosse universitário e tivesse uma apresentação de trabalho no horário do jogo.
Não pensava na professora, uma ruiva fogosa e ardente por sangue de jovens acadêmicos. Pensava em como Ronaldinho faria para furar a defesa, e Tatatatardelli fazer um extermínio com sua metralhadora giratória. 
- Como eu faço para assistir meu deus do céu - falava o ateu torcedor com as mãos na cabeça.
As horas passavam, e o nervosismo cresce. E a unha diminui, o garrafão de água se acaba, os tics ficam cada vez mais evidentes.
Começou a torcer.

12h. Já tinha preparado o que tinha que falar.
- "A mudança do sistema arcaico dos senhores de engenho para o progresso trazido pelo capitalismo foi pelo fim do tráfico negreiro em 1831..." e puta que pariu! Errei de novo essa bosta de data!    
Agora era tomar banho e ir para o serviço. Enquanto procura a toalha, que brinca de esconde-esconde na hora que o incauto mais precisa de tomar banho, o tênis também adota essa tática. Só que isso ele vai descobrir depois.
O telefone toca. Ele foi atender, e não era seu amor.
"Quero fazer algo diferente contigo" está escrito na tela. Ele senta na cama e pensa.
- Essa danada tinha que querer isso hoje, logo hoje!

13h56. Chega esbaforido ao prédio da década de 50. O tênis havia sumido, os papéis a ser entregues estavam em outra pasta, além de estar com a perna ralada por ter escorregado no banheiro. Nada demais. Já tinha alcançado seu "nirvana momentâneo".
- Boa tarde...
- Boa tarde Judite, desculpe o atraso.
- Ah, sem problemas. Uma coisa, quero que você protocole estes documentos aqui e coloque na mesa do gerente.
- Sim.
Era uma senhora pilha de documentos.
"E agora, tenho que ler para a apresentação", pensa.

16h15. Agora sim, lê sobre a apresentação.
Mas a comunidade do Atlético no Orkut está mais interessante. O Twitter deve estar bombando de argentino digitando sobre los hinchas del Mineiro. 
- Ela que espere um pouco - disse olhando para os papéis da apresentação.
- O quê? - dizia sua chefe, não entendendo porque falou isso.
- Pensei alto.
E lá vai digitar a senha no Twitter.

18h00. Em casa, finalmente.
- Puta merda, tenho que tomar banho e ir pra aula!!!
Corre até o chuveiro e descarrega aquele monte de água morna na sua cabeça.
"Primeiro apresento, falo um 10 minutos, encerro, saio vazado, pego aquele busão e chego a tempo. Mas, porcaria, será que aquele Carbonero é perigoso mesmo? Assisti aquele jogo contra o Vélez e o cara destruiu, puta merda. Tomara que o Victor cate todas hoje."
Sai de casa e esquece o isqueiro, como é que ele vai relaxar fumando no caminho da universidade?

18h45. Tá na pilha.
- Oi Fred...
- Oi coração, tudo bom? Esqueci a porra do isqueiro em casa.
- Ah, toma aí. Preparado pra hoje.
- Vamo ver, né. Tô confiante.
- Pois é. A professora mandou um email hoje à tarde mudando os temas dos grupos para a apresentação hoje.
Já pega trêmulo o isqueiro. Mal consegue acendê-lo.

19h15 A devassa chegou.
- Então gente, vamos começar a apresentação? Hoje eu vi que vieram um pouco de alunos, mas vamos continuar. Agora é o grupo do Marlon, ele vai falar sobre as características dos espanhóis e portugueses na cultura brasileira.
- Bem, a cultura espanhola, como a cultura ibérica em geral...
"Puta que pariu, puta que pariu! Agora tenho que achar a porra do arquivo com as outras matérias pra poder falar... Hahaha, achei! Tomara que o grupo dele apresente rápido!"
O primeiro ônibus sai da universidade 20h40. Cronometra, olha para o lado, e vê a apresentação.

19h45. Ele ainda não acabou.
O pobre torcedor já tá sofrendo do lado de fora da sala. Bebeu uma aguinha e saiu olhando pro céu, escuro, chuvoso.
- Puta merda, hein Clara! Tive que sair. Aquele fedaputa não pára de falar há mais de meia-hora!
- E a Silvia ainda dá corda...
- Isso só porque o Galo joga, puta que pariu.
A torcedora colorada nem liga para isso, também está apertada com seus afazeres.
Fred caminha até a sala. O cara não havia terminado.

20h07. "Acabooooou! É tetra! É tetraaaaa!"
- Então vamos para o próximo grupo? Bruna, é a sua vez.
"Nãaaaao..." e bate a cabeça no teclado.

20h29.
- Fred, é sua vez.
"Até que enfim, sua devassa!"
- Como eram as cidades portuguesas e espanholas, escrita por Sérgio Buarque.
- E-então, a cidade espanhola era, era... Muito bem escolhido o local onde ia ser construído. As cidades... (ele acha o fio da meada) Eram uma forma de dominação, isso descrito pelo Sérgio Buarque. Eram escolhidos lugares mais frescos, onde o clima parecesse com o da Europa.
- Sim, continue.
"Oito e trinta e duas, caraia!"
- Portugal não tinha nem preocupação com o povoamento na colônia, estavam nem aí (começou aí a acabar logo). Portugal só tomou interesse quando descobriu pedras preciosas, como diz aqui no livro: “A circunstância do descobrimentodasminassobretudodasminasdediamantes foipoisoquedeterminoufinalmentePortugalapôrumpoucomaisdeordememsuacolônia, ordem mantida comartifíciopelatiraniadosqueseinteressavamemtermobilizadastodasasforçaseconômicasdopaíspara lhedesfrutarem, sem maior trabalho, os benefícios”.
- Calma, calma Fred, mais pausadamente. Então, podemos dizer que...
Enquanto ela fala, ele fecha o notebook, entrega algumas folhas aos seus colegas e concorda com tudo o que ela fala, ainda olhando para a hora. Pensou em ouvir um pouco a Itatiaia para saber como é que estava o time, mas achou que daria muita pinta ele não prestar atenção na parte da professora falar. Ficou concordando com a cabeça até ela acabar.
- Então gente, vamos emendar aqui, até porque não veio muita gente tal...
"Emendar, emendar o capeta, vou embora dessa merda agora!"
E pega seu material.

20h41. O ônibus liga o motor, ele aperta o passo. A chuva cai incessamente. Mas ele aprendeu que tinha que torcer não só contra o vento, mas contra a adversidade. Quando o ônibus ia zarpar, ele entra na frente.
- Páaara!
O motorista abre a porta e deixa entrar. Fred paga a passagem. Senta numa cadeira. Enfim, dever cumprido.
Agora é só esperar pelo Galo. Esperar mais uma alegria, soltar então esta voz contida durante o dia. Mandar realmente tudo ir para o inferno e então se sentir feliz de verdade, pois seu clube do coração vai jogar.


*****

Caro atleticano, tem blogue? Quer ganhar um domínio .com? Então, pare de ser lerdo igual o Cuca e entra no Concurso Seublog.com!

Tá afim de responder a um questionário? Uma revista precisa de sua opinião, entre aqui!

Agora chega de pedido, até! 
PageRank Checking Icon ©Matheus 2013 - Todos os Direitos Reservados | Design por Matheus Pacheco.
Nome

Arte,1,Bandas,1,Banksy,1,Concursos,5,Curiosidades,7,Curta um curta,8,Edenilton Santos,4,Esportes radicais,2,Filipe,13,Filmes,3,Fotografias,8,Gadgets,1,Humor,27,Imagens,3,Indignei,1,Lara Vic.,6,Laryssa Machado,10,Matheus Pacheco,51,Maya Marques,3,Música,7,Nem Amarrado,2,Noticias,7,Opinião e Comportamento,18,Saulo Bahia Grenouille,2,Seublog.com,6,Tecnologia,5,textos,1,Videos,34,
ltr
item
Guerra no Papel: O calvário de um atleticano
O calvário de um atleticano
http://3.bp.blogspot.com/-amdyjDYhyBE/UTS7_NzqllI/AAAAAAAADE0/zIC1VjAIcSU/s640/galo.png
http://3.bp.blogspot.com/-amdyjDYhyBE/UTS7_NzqllI/AAAAAAAADE0/zIC1VjAIcSU/s72-c/galo.png
Guerra no Papel
http://guerranopapel.blogspot.com/2013/03/o-calvario-de-um-atleticano.html
http://guerranopapel.blogspot.com/
http://guerranopapel.blogspot.com/
http://guerranopapel.blogspot.com/2013/03/o-calvario-de-um-atleticano.html
true
8417906206133715830
UTF-8
Loaded All Posts Not found any posts VIEW ALL Readmore Reply Cancel reply Delete By Home PAGES POSTS View All RECOMMENDED FOR YOU LABEL ARCHIVE SEARCH ALL POSTS Not found any post match with your request Back Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS CONTENT IS PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy