5 de abr de 2013

A verdade sobre Marco Feliciano e todos os outros...

***Por Saulo Bahia...

Amar a Deus sobre todas as coisas”


Assim se inicia o meu texto e também os Seus 10 mandamentos. Amar a Deus sobre todas as coisas...ok, voltaremos lá daqui a pouco.

Ainda no princípio, mas não mais do texto, porém de todo o universo, Deus nos fez à sua imagem e semelhança. Reconhecemo-nos todos como irmãos, como iguais perante a Ele. Logo, para Deus, somos TODOS seus filhos.
Aí temos também uma bela passagem bem aqui:

E Jesus respondeu-lhe: O primeiro de todos os mandamentos é: Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor.
Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento.
E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.
Marcos 12:29-31
E o escriba lhe disse: Muito bem, Mestre, e com verdade disseste que há um só Deus, e que não há outro além dele;


E que amá-lo de todo o coração, e de todo o entendimento, e de toda a alma, e de todas as forças, e amar o próximo como a si mesmo, é mais do que todos os holocaustos e sacrifícios.
Marcos 12:32-33

Somos todos filhos Dele, criados a partir Dele, cada um de nós é um pedacinho de Deus. Logo, não tem como amar a Deus sem amar ao próximo. É, no mínimo, incoerente.

Hoje em dia vivemos envoltos a toda essa polêmica (que pra mim não passa de manifestação de idiotice) acerca assuntos como casamento de pessoas do mesmo sexo, ou até mesmo sobre esta ou aquela raça ser amaldiçoada por satanás.



Vamos começar por esta maldição. Quão ignorante é uma pessoa que consegue acreditar e duvidar de uma coisa ao mesmo tempo? Somos todos filhos de Deus, aquele Deus que criou tudo o que existe, até mesmo o cramunhão que alguns acreditam, tem origem em Deus. Como nosso Pai, em sua suprema justiça e bondade permitiria que uma parte de seus filhos fossem fadados a viver em eterna maldição? Onde está pelo menos a lógica disso? Você está amaldiçoado, e como prova disso colocarei um pouco mais de melanina em seu corpo. Pff, não faz sentido, muito pelo contrário, chega a ser coisa de, como diria minha avó, gente boba.



Aquele mesmo Deus, que criou tudo que existe no universo, também resolveu um dia, sentado em seu trono, que o amor só existiria se fosse entre pessoas que tivessem um órgão diferente. Podia ser tudo igual, menos um órgão. O seu sentimento nada vale, o que importa é se você tem pipiu ou pepeca. Idiotas. Vão contra a palavra do filho Dele para amar ao próximo como a ti mesmo. Isso significa que o amor deve ser absoluto, de toda intensidade, sem barreiras.



Daí, agora eles tem representantes na Câmara, e então estão andando com a Constituição debaixo de um braço e a Bíblia debaixo do outro. E quando perdem na religiosidade, apelam para as leis. Mas a minha lei, e daquele que se diz crente e submisso a Deus é a lei Dele. As leis divinas são infinitamente mais importantes que as leis humanas. Você não levará a Constituição (que é tão importante que muda de um país pro outro) pra onde quer que você vá. Você levará seus sentimentos e aquilo de bom que você plantou, aquilo que está lá nas leis de Deus (que é universal, imutável)


Se você se escora na imagem de Deus para impor suas opiniões, pelo menos seja honesto. A você mesmo é possível enganar. Mas Ele é mais justo que qualquer lei terrena, e dessa justiça não tem como escapar.


Mais sobre o assunto...






Se você gostou (ou não) do texto acima, continue lendo sobre o assunto.

Relacionados